la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-1

Psicóloga de profissão, artista de coração. Veronica Kraemer é assim: não tem medo de mudar. Quando a situação apertou, ela não pensou duas vezes e resolveu vender vasinhos decorados nas ruas de São Paulo. Foi com a cara e com a coragem, sem medo de ser feliz. E deu certo, sabia? Seus bolsos ficavam abarrotados de dinheiro todas as vezes em que ia trabalhar. Era só o comecinho de uma história desenhada cuidadosamente com muita arte, cor, carinho e amor.

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-30

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-31

Pintar já fazia parte da sua vida. “Sempre gostei de arte, tinha pincéis, telas e fazia algo toda vez que sobrava um tempinho”, confessa a moça. Juntar essa paixão à necessidade de fazer algo diferente foi o primeiro passo rumo à uma nova carreira. Não demorou muito para as criações de Veronica fazerem sucesso, tanto que as encomendas começaram a aparecer. Foi aí que ela percebeu que já não tinha mais espaço para fazer tanta arte, uma vez que morava em um apartamento pequeno. E exatamente neste momento ela deu o segundo passo dessa empreitada: resolveu alugar uma casa, que seria também o seu ateliê. Daí surgiu o nome Além da Rua, uma vez que as atividades já não eram restritas ao ar livre.

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-5

Como foi tudo de repente, Veronica conta que deu muitas cabeçadas no início da jornada. “Não me planejava direito, fazia tudo no impulso”, comenta. O resultado? Uma dívida daquelas, que ela assumiu e resolveu com muito trabalho (e disposição!). “Tive de rever tudo o que eu já havia feito e me organizar para sair do problema. Foi o único jeito de continuar a empreender”, afirma. Ministrar cursos de arte também a ajudou a complementar a renda. No começo (há cerca de dez anos) ela se mostrou bem resistente a esse tipo de atividade, mas logo se rendeu aos encantos de ensinar. “Minha mãe sempre insistia comigo, mas eu nem ligava. Hoje, é uma das coisas de que mais gosto de fazer”, ressalta. A artista ensina a fazer lindos mosaico, pintura em tela, vasinhos  ou madeira e decoupage, entre outras técnicas. “É uma verdadeira terapia para mim. Adoro conversar com as pessoas, sentir o que elas querem fazer”, diz. Está aí uma prova de que um negócio vive em constante mutação. Nada de estagnar, não é mesmo?

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-33

Uma coisa que ajudou muita na divulgação do trabalho de Veronica foi a criação de um blog, em 2007. O canal foi uma forma de conhecer pessoas, trocar ideias e, claro, fazer a sua arte fluir pela web. “Meu primeiro post só tinha comentário da minha mãe e da minha irmã”, brinca. Ela nem imaginava que estava no caminho certo para conseguir muitos clientes, uma vez que postava passo a passos interessantes e muitas dicas (uma verdadeira vitrine virtual). Os vídeos que a artista produziu pouco tempo depois também fizeram muito sucesso na rede. “Muitas pessoas me encontram no Youtube. É uma grande forma de mostrar o que faço”, comenta.

 

A firma

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-4

O ateliê de Veronica é puro charme! Fica em uma simpática casa localizada na Zona Oeste de São Paulo. Na parte da frente estão as peças que ela faz e deixa em exposição. Nos fundos está o ateliê – um espaço amplo e iluminado, perfeito para os cursos que ministra. Aos poucos, ela foi decorando o local com vários truques simples, como as prateleiras de MDF que acomodam os seus utensílios do dia a dia.

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-32

Suas peças estão espalhadas por todos os cômodos, uma mistura que dá gosto de ver. Destaque para os espelhos coloridos que ela fez e pendurou atrás do sofá para exposição. Note que a parte debaixo da escada é amarela – foi ela quem pintou! “Adoro mudar as cores das paredes. Não tenho preguiça!”, brinca.

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-34

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-35

Trabalhos com mosaicos e as famosas telas de Veronica dão cor ao ateliê – o mesmo acontece com os móveis customizados. Por isso, ela optou por pintar a maior parte das paredes de branco – uma base neutra para não roubar a atenção das peças e ainda deixar a composição bem harmoniosa.

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-6

Um dos destaques do ateliê é o painel de ferramentas – foi uma forma de organizar o material. Ela comprou uma chapa de Eucatex perfurada e resolveu pintá-la de azul para dar aquele toque “Além da Rua” ao modelo (veja aqui como ela fez o painel). Assim, todos os utensílios usados no dia a dia ficam à mostra (aposto que você já viu isso por aqui, né? O Weber, que customiza bikes, fez uma solução parecida para organizar as ferramentas).

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-37

Para o futuro, Veronica que continuar com os cursos e fazer algo voltado para a TV. Desenvoltura ela tem de sobra. Você já viu o canal que a moça mantém no Youtube? Lá tem dicas imperdíveis para quem gosta de arte e artesanato. É só comprar os pincéis, ver tudinho e sair fazendo arte por aí. Que tal começar agora?

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-3

Empreender foi algo que a artista aprendeu aos poucos. “Percebi que é preciso ter jogo de cintura para saber até que ponto queremos chegar e o que devemos deixar para trás. Vi que era necessário procurar saída para as coisas. Saber o que vale realmente a pena ou não”, diz. Veronica, cá pra nós: a escola da “mão na massa” não poderia ter sido melhor. É bonito de ver o amor que você tem pela arte, garota! Dá para notar em cada peça, em cada palavra. Agradecemos por ter feito parte do Lá na Firma 😉

E você, gostou do Além da Rua? Fique de olho sempre, pois há sempre novidades fresquinhas. Obrigada pela visita e até a próxima!

la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-36

 

la na firma_no_balls

14 de abril de 2016
la-na-firma-alem-da-rua-veronica-empreendedorismo-1

Além da Rua

Psicóloga de profissão, artista de coração. Veronica Kraemer é assim: não tem medo de mudar. Quando a situação apertou, ela não pensou duas vezes e resolveu […]
19 de novembro de 2015
raquel_gorzalka_1

Raquel Gorzalka

Ela ama arte. Dá para ver em seus olhos. Desenhar em paredes, quadros e painéis faz o coração da artista plástica
8 de setembro de 2015
ju_amora_16

Ju Amora

Desde pequena ela pulava o muro do vizinho para pegar amoras direto do pé. Dobrava a camiseta para colocar as frutinhas – e manchavas todas de vermelho, […]
26 de agosto de 2015
coletivo334_foto1-1024x683

Coletivo 334

Daniel conheceu Renato, que conheceu Giuliano, que adotou Banksy, que gosta de brincar como ninguém. Assim começa a história do Coletivo 334, um espaço planejado por […]